quarta-feira, fevereiro 11, 2009

Dias difíceis

Acho que algo mudou nas estrelas, ou foi algum feitiço pronto daqui, mas as coisas não estão indo lá estas coisas...

Esta última semana foi um bocado tensa, começou com stress de trabalho o que sempre acontece, mas tem sempre aquele dia que vc não suporta nada, depois a Bernadette, minha empregada que adoro, mas falo pouco, apareceu com um "papo" que estava grávida e que iria abortar, sabíamos que ela tomava pírula, mas para economizar ela tomava dia sim dia não.

No dia seguinte Dillan (prof. de inglês) aparece no meu trabalho contando suas desgraças. Fora assaltado por policiais Moçambicanos; como ele não tem a documentação para ficar em Moçambique os guardas pararam ele e pediram dinheiro para não levarem ele preso, resultado, levaram o salário todo que eu havia pago naquela noite, na mesma noite ele descobriu que sua namorada estava grávido de outro, e para ajudar minha mãe teve um acidente em casa, a casa pegou fogo.

Bom ontem fui assistir ao jogo do Brasil, pelo menos ganhamos da Itália 2x0 e hoje o Blog resolveu finalmente aceitar minhas postagens, espero que a maré mude...

Agora escrevendo nem dá para acreditar, quanta coisa ruim! Alguém vai a igreja do Bomfim para mim?

4 comentários:

Rachel disse...

Ao Bomfim não irei por vc, mas posso sim incluí-lo em minhas orações diárias. Sou Budista. Sou budista de Nitiren Daishonin. Nosso mantra é o Nam myoho rengue kyo. Quel tal nos momentos difíceis recitá-lo diante de uma parede branca de olhos bem abertos? Nos estudos do meu Budismo aprendemos que recitando este mantra pode ter certeza de que NÃO HÁ ORAÇÃO SEM RESPOSTA. E outra coisa importantíssima, não ficamos a mercê dos problemas, não os vemos como obstáculos e, sim, como oportunidade de crescimento, de fazer a nossa revolução humana (melhoramos enquanto pessoa). No meu Budismo não pedimos, não suplicamos, não tem um ser superior a nós. Nós aprendemos que todos temos o estado de Buda - estado de felicidade - e tudo podemos. Basta DETERMINARMOS COM CONVICÇÃO. Quer algo? Diga: Eu determino tal coisa... e faça o nam myoho rengue kyo diante da parede branca de olhos abertos o tempo que seu coração mandar. Se quiser, desafie, ponha prazo... Qt mais fizer mais boa sorte terá. Jamais peça nada, determine... vc pode tuuuudo!!!

Bom, meu post pode ter parecido chato, grande, sem lógica... mas meu desejo é que estejas mais feliz ao final dele, pensando que seu coração está mais leve e que vc tem uma força absurda dentro de si para transformar td o que quiser. Esse budismo tem muitos textos motivadores, se quiser...

Estarei orando por vc e seus amigos. Não nos conhecemos pessoalmente, mas nosso mestre Daisaku Ikeda sempre diz que não precisamos estar pessoalmente em um lugar para fazermos o bem... desde que desejemos fazer o melhor, o coração estará sempre ligado ao coração de quem queremos bem independente da distância, independente do lugar. E assim estaremos. Tenho certeza de que tudo vai se ajeitar e ficar mais fácil! bjo grande! Boa sorte!

Dea disse...

Oi meus queridos, espero q todos estejam bem depois de tantos problemas... Beijo grande e também estarei orando :)

João Marcelo disse...

Bom, eu ia desejar boa sorte pra todos os envolvidos, mas depois do post da budista ai, nem precisa de nada, né? tudo resolvido :)

Faz ai o nam myoho rengue kyo que já era :)

Anônimo disse...

Diz o velho, nunca rias da desgraca do outro.Bem pra não rir vou chorar,... chorar pela sua mãe do fundo do coracão, que tudo fique bem com a casa.Quanto ao seu professor... hum... o que dizer???Será que a Rachel é mesmo Budista?Emfim este foi um post dramático, e ao mesmo tempo teve uma doze de piada. Sei lá.
Boa sorte anyway.

Também não te conheco, mas gosto do teu escrever.

Dri